quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Amor: esta loucura que quer limitar o que é infinito... ___________________ Mel

Saudades...
Solto e íntimo, e uma pressa de engolir a tua saudade. Penso tão longe, não, penso tão perto e esfuziante. Por cima dos sonhos os enganos de um dia. Não cabem mais. Não se confundem mais. O sol me indica tua sombra. A lua a deita, cúmplice e tanta. Não tenho mais os cuidados e os medos. Preciso sorrir o teu amor no meu instante. E na minha vida. 

Dan Cezar