quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Não é arrogância meu querer... entenda! Desejo beber um copo que silencie o amor. Sutilizar meu espírito, anestesiar minha voz...;submergir neste mar de sentimentos em nós... Naufragar-me em teus beijos, afogar-me nos teus braços...E deixar o amor fazer tempestade, em nossos Corações! _____________________ (Rafael Vocalista)

'Ela só precisa de você!"
"Sobre você, eu nego. Sobre seu mundo, fui expulsa. Sobre sua cama, perdi o sono. Sobre o seu sono, não me existia. Sobre existir, não fui muita coisa. Sobre muitas coisas que não somos nada, prefiro não lembrar. Sobre lembranças, eu esquivo. Sobre pedidos, eu contesto. Sobre teu peito, eu insisto. Sobre cafuné, eu durmo. Sobre dormir, teus braços. Sobre teus braços, eu sobro. Sobre sobrar, eu fico pra trás. Sobre ficar pra trás, eu me transformo. Sobre me transformar, eu tomo tempo. Sobre tomar tempo, me torno poesia, fotografia, música, arte, alegoria de vontades intermináveis e desejos maiores. Sobre vontades intermináveis, um ponto. Sobre um ponto, um fim. Sobre um fim, nós dois. Sobre assinaturas, rasuras. Sobre rasuras, erros. E sobre erros, uma vontade imensa de acertar." 


______________________ Iandê Albuquerque


segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

" Vi então que dependeria tão somente de mim, da minha força de vontade. Nenhum analgésico faria efeito." ____________________________ Jully S

"Sou apenas uma sobrevivente
 na louca confusão do amor."

F. Coelho
Franzi a testa, arreganhei os dentes e ... desci. Desci vertiginosamente. Onde dói? Dói meu peito que permanece curvado em pranto. Doem meus ombros que não suportam o peso da saudade. Doem meus ouvidos secos de palavras carinhosas. Doem meus pés que não têm para quem caminhar. Doem meus olhos que não encontram senão a casa vazia. Dói meu couro cabeludo que não recebe os ungüentos do cafuné. Dói tudo, doutor. Dói simplesmente tudo, porque meu corpo não é só essa carne óbvia em cuja massa seus dedos afundam procurando um nódulo, uma urticária, uma veia estourada. Dói tudo porque em tudo a alma se coloca e a alma, doutor, a alma sente sem anestesias. É claro que eu sei que vai passar, não sou nenhuma ignorante dos mecanismos da vida para, mesmo sob essa dor doída de alma doente, me jogar do décimo segundo andar. Sei que vai passar. Minha razão sabe que vai passar. Meu coração sabe que vai passar, aos poucos. Sei também que o único tratamento recomendado ao meu caso é o tempo. Sei de tudo isso, tudo isso me é claro, mas por enquanto, por favor, faça esta caridade: não me pergunte onde dói.


Stella Florence

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

"Segure minha mão, e então, nenhum caminho será longo e nenhuma tristeza será eterna.(...)" ________________________ Clau Assi

"Amar é para os fortes;
Os fracos sempre sofrem"
Um girassol acende a noite. É uma escuridão fria agasalhada por uma flor. Essa coisa de anoitecer virou abrigo de pensamentos. Uma gaveta para as sensações que só se desnudam durante o sono silencioso das estrelas. Ainda com olhos bem abertos e à espera da dormência das pálpebras, tua lembrança gruda em mim pétala por pétala enfeitando os poros. Meu corpo respira essa suavidade e um girassol acende a noite: pétala por pétala de bem-me-quer, de bem-te-quero. E a escuridão agasalhada agora pende nas pálpebras do sonho.




Fonte: Facebook Lucia Mel

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Na terra dos homens não há lugar para coração, alguém falou. Fechei os olhos e pensei com força: não haveria de ser assim, não se a gente quisesse.(...) _______________________ Cris Carvalho




Vinícius de Moraes poetizava:
 "Foi então, que da minha infinita
 tristeza,
 aconteceu você...".
Tenho mais silêncios do que segredos. Sou apenas uma resposta atrasada de alguém, a canção inapropriada da madrugada, o livro mais demorado de alguma estante. Sobre mim apenas o distante, o toque que não alcança, a muralha que divide. Ontem eu fui uma menina que fui roubada de sonhos, uma mulher que amadureceu das precipitações sobrepostas. Nem sempre a vida é justa, nem sempre nos devolve as respostas e passamos sendo apenas interrogações. Não tenho conversas interessantes, antes sou um poço de irrelevantes poemas. Tracei um caminho, mas caminhei por um desvio, sempre a própria beira. Não ofereço nada, do pó que vim, morrerei voando em poeira. O que deixarei saber sobre mim é que de alguma forma tenha amado a vida ou alguém, sem detalhes além. Uma mulher não diz quem escolheu para amar. Ela vive um amor a dois, a sós.


domingo, 15 de fevereiro de 2015

"É sina de Pierrot chorar por Colombina!"


Se o amor é fantasia, eu me encontro

ultimamente em pleno carnaval.

Quanto riso, oh, quanta alegria; mais de mil palhaços no salão. O Arlequim está chorando pelo amor da Colombina, no meio da multidão..." - Espere, quem chora por mim não é o Arlequim! - Colombina analisava a antiga canção carnavalesca - Quem sofre por amor, que eu saiba é o Pierrot!- Me acostumei a ser injustiçado! - Pierrot interrompe a longa análise de Colombina - "Amar sem ser amado é melhor morrer crucificado", como diz o velho ditado. - Ora, Pierrot... deixe de lado o sofrimento! - consolava Colombina - Não posso escolher qualquer sentimento! - Bela Colombina, caso fosse assim, escolheria não amar Arlequim? - Escolheria simplesmente não amar, seria fácil evitar a dor. Pra que um dia venha a me deixar e eu passe a conhecer o desamor. Vê Pierrot, como tudo é sem sentido? Me apaixono facilmente interpretando um verso lido! - Pois meu amor terá a cada novo dia. Já Arlequim não lhe exalta a garantia.- Mas, Pierrot, minha vida é tão vazia! Não é o calor da alma que afaga a nostalgia!- Então é isso? Confia seu amor a quem não lhe quer? Arlequim não a vê 'Colombina', mas qualquer outra mulher. Já eu lhe vejo pura, minha menina! - É amor verdadeiro, ou apenas obsessão? - pergunta Arlequim em um tom irônico encarando Pierrot - Não use chantagens para ganhar um coração! - Colombina é minha vida, e não um objeto de desejo. Quero ganhá-la com palavras, e não com a força de um beijo! - responde Pierrot irritado. - Egoísmo seu querer "ganhá-la". Aceite o melhor para ela, deixe que eu passe a amá-la! - conclui Arlequim. Pierrot perde a cabeça por alguns instantes, mas em seguida fica sem reação. É pouca a força da raiva diante de um bom coração. Colombina ajeita a saia e se mostra indecisa, caminha por toda a sala, mas somente os analisa. Arlequim sorri sarcástico, seu olhar é indecente, ninguém entenderia o eterno segredo de sua mente. Colombina sorri para um e o outro lhe segura a mão. Um lhe causa um tremor quente, outro lhe acalma o coração. - Sou apenas uma menina, por isso sinto tanta dor, de Arlequim é meu desejo, de Pierrot é meu amor. De nada adianta ter sonhos impossíveis e somente me iludir, no fundo sei que entre os dois jamais irei me decidir. "Agora chora Pierrot que é sua sina, é sina de Pierrot chorar por Colombina!"

livremente inspirado no texto "Máscaras" de Menotti Del Picchia

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

“Às vezes me pergunto se existe algo de errado comigo. Talvez eu gaste tempo demais na companhia de meus heróis românticos literários, e conseqüentemente meus ideais e expectativas são extremamente altos.” ____________________________50 Tons de Cinza


- Você tem alguma ideia do quão feliz 
você me faz sentir? - Ele murmurou.
- Sim… Eu sei exatamente. 
Porque você faz o mesmo a mim.

50 Tons de Cinza
A gente passou a vida lendo, assistindo, fantasiando Cinderela que era escrava doméstica mas feliz e se casa com um homem que só teve contato uma vez e ainda foram felizes para sempre; uma linda donzela branca vivendo com sete anões em uma casa e depois salva por um príncipe que a beijou morta; uma bela adormecida que é beijada, sem consentimento também, por um príncipe enquanto dorme. Muita coisa bizarra e estranha nos contos de fadas, mas a gente se encanta. Li a trilogia de 50 tons de cinzas, e se a literatura não é tão boa, é no mínimo fascinante para milhões de mulheres. Acho que nunca faria sexo dessa forma, mas talvez a liberdade de ler um livro sem hipocrisias cativou as mulheres, muitas que nem falam palavrão nem nunca assistiram um filme pornô. Ali, sozinha, ela pega seu livro e viaja no mundo que ela quiser. Um filme passado na imaginação. Entendo as críticas sobre a questão das mulheres gostarem tanto de um romance erótico em que o homem machuca a mulher, mas acho que tudo muda quando o que aceitamos é permitido e consentido, isso é fantasia. Quanto aos traficantes, não se compara. Grey é um homem fino, bem-sucedido dentro da lei e é claro que um homem lindo e que nos ame seria o conto de fadas perfeito.

Rachel Carvalho

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

"Não acende a luz meu amor. A escuridão tira a tua roupa. Implacável é o som do coração quando ele bate por amor." _______________________ Fernando Coelho

Hoje eu sei que dá pra renascer várias vezes na vida!
Se eu atrasar, me perdoa. Se o trânsito fechar, me espera. Se o tempo abrir, me paquera. Se o frio bater, me esquenta. Se o calor for demais, sem problema. Se a hora passar, cê fica. Se for tarde pra ir, cê dorme aqui. Se seus pais ligarem, eu explico tudo. Digo que você ficou pra ser cuidado e cuidar, porque é assim que a gente tem que ser. Se o tempo correr depressa, não tenha pressa pra ir. Se te faltar cobertor, dou meu calor. Se me faltar paciência, por favor me ature, no outro dia a gente se envolve pra se resolver. Se o meu dia der errado, cê melhora. Se o seu dia der errado, corrijo agora. Se dormir bem cedo, observa. Se tiver com fome, me devora. Se eu esquecer seu beijo, cê cobra. Se eu tiver insônia, cê vem. Se você adoecer, eu cuido. Se amanhecer, te cubro. Se for casamento, a gente casa, mas se for só um tempo, a gente vive. Se eu te machucar, desculpas, lamento. Se for uma idiota, desatenta. Se você não me quiser, convenço. Se você se ausentar, me preocupo. Se você não se preocupar, te procuro. Se você mentir pra mim, eu sinto. Se você me aceitar assim, te findo. Se você quebrar, conserto. Se desafinar, te toco. Se cê não me ouvir, eu grito. Se o grito falhar, aceno. Se for se deitar, sou colo. Se cê se soltar, enrolo. Se você voar, espero. Se você voltar, comemoro. Se não demorar, tem jeito. Se não mais voltar, tá feito. Se a gente brigar, cê me liga. Se você não ligar, eu te ligo. Se você reclamar, eu te calo. Se você se calar, eu falo. Se eu falar demais, você me beija. Se eu virar o rosto, não liga, é só um tipo de charme que eu tenho pra você me encontrar. Se você se perder, eu te acho. Se você me achar primeiro, te abraço. Se o destino mudar, a gente inventa. Se a gente se perder, a gente tenta. Se tentar doer, a gente se deixa. Se deixar ainda doer, a gente aprende a conviver. Se te faltar afeto, te mando. Se te faltar um teto, tem lugar dentro de mim. Se alguém te fizer mal, me conta. Não prometo resolver, mas falarei bem de você. Se quiser voltar, aceito. Se você me aceitar, agradeço. Se você quiser ficar, eu deixo. Se decidir partir, te parto e um pedaço fica comigo. Se você me chamar, eu vou. Se você vier, eu dou. Se cê não se doar, eu te acalmo. Se por medo cê não topar, explico. Se você não entender, suplico. Se você ficar comigo, prometo amor, paz e bom abrigo.


Iandê Albuquerque- Adaptado

sábado, 7 de fevereiro de 2015

"Eu te in(vento) ó realidade!" ________________________ Clarice Lispecto

"Quando há medo de ir embora,
 é porque ainda vale a pena ficar"

- Vinícius de Moraes
Mais do que nunca fazes falta. Não só comigo, mas em mim e na vida que levo de arrasto. Dedico-me à rotina, trabalho e pouco durmo - a insônia ocupa as horas que eram nossas. Tenho tentado me distrair, sair, provar para mim e para ti que foi possível seguir sem que a dor tenha nos dilacerado. Sabes, sou boa nas coisas que invento. E tenho tentando inventar um mundo em que não existas - mas que mundo seria possível sem que lá estejas, mesmo com todas as distâncias de mim? Não sei por onde andas, em que pensas, que escolhas fazes. Não sei se a minha falta te dilacera como a tua faz em mim. Mas minha parte faço: confesso. Neste momento quero-te mais do que amo-te. Porque tu me é uma necessidade.

Cáh Morandi

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Me entenda. Eu não sou como um mundo comum. Eu tenho a minha loucura, eu vivo em outra dimensão e eu não tenho tempo para coisas que não têm alma. __________________________ - Charles Bukowski

Uma mulher infeliz por ter amor de menos, outra, infeliz por ter amor demais, e o amor injustamente
Chorei à seco, cantei à mudo, amei pra dentro.
crucificado por ambas. Coitado do amor, é sempre acusado de provocar dor, quando deveria ser reverenciado simplesmente por ter acontecido em nossa vida, mesmo que sua passagem tenha sido breve. E se não foi, se permaneceu em nossa vida, aí é o luxo supremo. Qualquer amor merece nossa total indulgência, porque quem costuma estragar tudo, caríssimos, não é ele, somos nós. 


- Martha Medeiros

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Há um vício de eternidade no meu amor. Saber-te foi meu melhor desvio. Amar-te foi meu melhor motivo. Trago comigo um sorriso de existir. E um colo pra te sonhar único. ______________________ *Dan Cezar

Eu quis tanto ser a tua paz, 
quis tanto que você 
fosse o meu encontro.
Quis tanto dar, 
tanto receber.
Quis precisar, 
'É contigo, que estou comigo,
e é justamente por isso que,
-Falto-me quando me faltas'

Luiz Santos
sem exigências.
E sem solicitações, 
aceitar o que me era dado.
Sem ir além, compreende? 
Não queria pedir mais
do que você tinha, 
assim como eu não daria mais 
do que dispunha, 
por limitação humana.
Mas o que tinha, 
era seu.


- Caio F. Abreu

*Adaptado