quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Espanto-me com quem, nunca chorou de saudade, nunca sentiu ciúmes, não cometeu insanidade, não se atrapalhou com os sentimentos, não sentiu tristeza e não conhece solidão. ___________________________ Ita Portugal

A coisa mais importante que se pode aprender
 é amar e em troca, amado ser

Ita Portugal
Gente me envolve me fascina, me entontece. Gentes por perto me libertam de minhas prisões. Gosto desta mistura acetinada do toque das pessoas. Gosto das bagunças que as almas humanas fazem nas suas chegadas. Gosto mais ainda quando elas permanecem dentro da gente. Gosto demais de quem oferece oportunidades, dá o lugar, espera o tempo do outro. Gosto de quem sabe a delicadeza de chegar e o tempo para partir, prometendo voltar, quando necessário. Gente que sabe seus limites, não faz corpo mole para a vida. De quem me possibilita aprender e sabe ensinar sem prepotência. Eu gosto de quem se revela, não se esconde, não se amedronta. Gente que admite suas utopias, ri de si próprio, responsabiliza-se pelos seus erros, é gente que me encanta. A verdade mesmo é que gosto de quem é incansável nas tentativas para acertar. De quem se perdoa, se liberta, se refaz, se resolve. Gosto de quem não sabe tudo. De quem sabe ganhar, mas também perde com dignidade. De quem curva a cabeça, quando necessário, fala olhando nos olhos e tocando nas mãos. De quem adota a esperança e os sonhos como possibilidades. De quem sabe encantar, dizendo sim ou não. De quem não precisa gritar para ser ouvido. Gosto mesmo de quem fala baixo, pausadamente e firme. De quem não faz tempestades com os pequenos vendavais. Gosto de quem sabe gostar bonito, sem frescura, sem explicações, sem conceitos longos e causas infinitas. Gosto de quem não precisa explicar seu jeito de ser. Gosto de quem aceita e perdoa os deslizes.Gosto de gente que a gente pode tocar, falar, olhar, reclamar e amar. Gosto de gente que sabe ser gente e mais ainda, sabe o valor disso. 

Ita Portugal