quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

"Pétala a pétala a vida vai se desvendando no meu jardim. Algumas vezes, dá de cair tristezas, um mal-me-quer aqui, outro ali. Noutras, meus olhos têm de se acostumar às surpresas de um bem-me-quer sem fim. Eu, que sou raiz, recebo com serenidade o vento que faz tempestade de desprendimento e leva, uma a uma, as pétalas de mim." ___________________________ (Sabrina Davanzo)

fev /2017
Balanço de janeiro? Foi ótimo. Fiz um montão de coisas. Coisas que prometi a mim mesma que este ano mudariam e para melhor. Não só alguns móveis que resolvi trocar de lugar. Guardar lembranças boas sempre foi de mim. Mas resolvi arrumar algumas, colocar em caixinhas que mantenho todas perfumadas, só pra poder, depois, recordar de novo. Arrumei meus pensamentos para poder ventilar mais minhas prioridades. Hoje comemoro mais uma primavera. Meu nome? Gratidão! Obrigada Pai!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário