segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Aprendeu a língua dos ventos. Quando cantava, os mensageiros faziam coro. _________________________ Willian Gorj

Um belo Natal a Todos!
A estrela-guia que fica no topo de muitas árvores, deve ser pensada como uma esperança, e não como um enfeite apenas. Eu acredito além de tudo, que não só o natal, mas todos os nossos dias precisam ser mais enfeitados, sejam com enfeites, histórias, luzes… eu acredito que essa sensação celestial que se sustenta no natal, deve estar em todos os nossos dias, para a gente com delicadeza lembrar que o mundo é bem mais que nossos olhos conseguem alcançar. Diante de tantas coisas que acontecem, eu acredito que estamos precisando limpar os olhos e enxergar de verdades a estrela-guia que habita nosso céu, e deixá-la ela nos levar ao menino Jesus, pois ele foi um menino, que nasceu de forma mágica, simples, bonita, ganhou presentes, e fez nascer em nós esperança. Acredito que nesses tempos que caminhamos, a estrela-guia que nos leve até o amor anda em falta, não porque estrelas cadentes estão extintas do céu, se a gente observar com cuidado, sem pressa, sem impaciência, vamos ver que o céu está repleto delas, só esperando para serem olhadas. Desejo que as estrelas guias, independente da fé de cada um, sejam olhadas e acompanhem-nos até o amor, e isso é urgente. Eu desejo muitas estrelas-guias nos corações, nos caminhos, eu desejo estrelas-guias que nunca deixem esquecer que o que faz o caminho, é o amor. Que Jesus nos abençoe. Feliz sempre!