quinta-feira, 11 de setembro de 2014

"E, de repente, um código novo. Tingindo o espaço de um enigma nunca antes decifrado. Era o vento. Fazendo laços onde haviam apenas nós gigantescos." _________________________ Lídia Martins

Poetas,me digam:Qual é mesmo o esteio que prende 
no firmamento essa lua que alumia?

Léia Marrod

Bela Noite!
Quero compor para ti, uma melodia de outono, Que me fale de tuas folhas, dos teus perfumes e dos seus tantos, que me foi tirado, pelos ventos contrários, e ainda que não termine, o todo de ti cala dentro de mim.

Ydeo Oga