quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

"amores maduros são recheados de trocas significativas, de cumplicidade e uma harmonia que sabemos dessas inconstâncias que somos nós, um com o outro e consigo mesmos." ______________________________ Jonas Sakamoto

" Procuro uma vida que se possibilite conhecer,
 e se permita – novamente – desvendar."
" (...)Procuro um amor concreto, para ser o meu predileto. Procuro um amor maduro, que afaste o meu medo do escuro. Procuro um amor ligeiro, que seja tudo – menos passageiro. Procuro um amor pelado, que use o calor do corpo – ao invés das roupas – quando o clima estiver gelado. Procuro um amor que embriague, tonteie e me coloque no chão; mas que depois me levante depressa – estendendo imediatamente a mão. Procuro um amor esperto, que se permita desaparecer, mas que saiba retornar e querer estar perto. Procuro um amor imperfeito, em cada uma das tuas limitações, e procuro amar diariamente – cada uma das tuas mais sinceras imperfeições.(...)

Fellipo Rocha